Resenha: A mulher dos sonhos de seu marido - Sharon Jaynes


“Os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.”
Mário Quintana


Bom diiia!



Eu sempre, sempre, sempre AMEI ler, nem sei quantos livros eu já li nessa vida. Enquanto adolescente, era um por semana, no mínimo. Mas com a faculdade e as responsabilidades da vida adulta e do casamento, havia deixado o hábito da leitura de lado. Mas esse ano estou revertendo essa situação. E quero sempre postar as resenhas dos livros que eu ler aqui no blog. Acho muito importante antes de comprar um livro, saber bem do que ele trata, principalmente se for através de alguém que já leu esse livro antes. Eu mesma já julguei livros pela capa (ou pelo título) e as vezes não era nada do que eu esperava.






Hoje eu vim fazer a resenha desse livro que li a mais ou menos dois meses e que vale muuuuito a pena. Minha amiga Ana me emprestou já tendo feito uma super propaganda, contando as transformações que se iniciaram na vida dela depois te tê-lo lido. No começo eu estava meio desestimulada, porque, como eu comentei antes, havia algum tempo que o meu hábito da leitura havia "esfriado". E eu fui retomar esse hábito justo com um livro falava dessa área onde eu achava (muito erroneamente) não precisava de mudanças, o casamento. Mas essa impressão se desfez, virou pó, já nos primeiros capítulos. Deus me "quebrou no meio" e trouxe muito forte ao meu coração um novo desejo, o de ser a mulher dos sonhos do meu marido.

Enquanto eu estava lendo, algumas mulheres que me viram com o livro nas mãos (porque eu lia no trabalho, no ônibus, etc) perguntaram: "Ué, existe um livro chamado: O marido dos sonhos de sua mulher também?! porque eu estou precisando". 
E sabe oque Deus colocou no meu coração a respeito disso:

"Como você pode dizer ao seu irmão: 'Deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando há uma viga no seu?" Mateus 7:4

E é bem isso meninas, principalmente quando se trata de relacionamento conjugal. 
Deus nos fez auxiliadoras (Gen 2:18)!  Você acha pouco?! Sabe quem mais Deus chamou de auxiliador?!  O Espírito Santo (Jo 14:26)! Alguma dúvida da importância dessa função que nos foi dada por Deus?! 

Quando há mudança em nós, quando nossas atitudes de auxiliadora para com o nosso marido passam a seguir os padrões do manual de vida deixado por Deus, que é a Bíblia, o nosso marido não tem como permanecer na inércia, ele muda também, ele se torna o marido dos seus sonhos, amada!


Esse livro desencadeou um efeito dominó na minha vida. Porque ele é muito completo em termos de abrangência de assuntos, fala das mais variadas áreas da nossa vida, oque me trouxe uma sede de conhecimento e de mudança dentro de algumas dessas áreas. 



Bom, introduções a parte, vamos ao livro.
(Gente quando eu pego pra falar, eu falo muito, eu sei! É normal tá, eu não consigo resumir -e olha que eu tô tentando-, sorry!)


A autora, Sharon Jaynes, fez uma pesquisa com centenas de homens, os entrevistou, e fez perguntas que obtiveram respostas reveladoras a respeito do que esses homens esperavam da mulher de seus sonhos. 


Algumas dessas perguntas foram:
- Oque você espera da mulher dos seus sonhos?
- Oque sua esposa faz bem que outras mulheres deveriam imitar?

- Qual foi ou é o maior problema que tiveram no seu casamento?
- Como sua esposa poderia colaborar para resolver este problema?

As respostas a essas e outras perguntas foram tabuladas e estudadas até se chegar a conclusão de que apesar de cada homem ter características próprias, havia sete qualidades que eram universais:


A mulher dos sonhos, ora pelo marido, o respeita, o adora, revela uma amizade íntima com ele, protege o casamento, encoraja o marido e o satisfaz sexualmente.

Discutindo pontualmente cada uma dessas características ansiadas pelos homens a nosso respeito, o livro nos conduz de maneira clara e através da Palavra de Deus e de testemunhos maravilhosos a nos tornarmos a estrela principal dessa grande obra que é o casamento e a conhecer as alegrias de ser a mulher dos sonhos dos nossos maridos.

Copiei a sinopse e o sumário para vocês ficarem mais curiosas! :)



Sinopse 

Assim como as mulheres sonham com seu príncipe encantado, os homens também têm sonhos ao nosso respeito. E com seu marido não é diferente. Provavelmente ele, ao contrário de você, não passou horas da infância e juventude lendo histórias de amor e aprendendo como se tornar esse príncipe. Mas em algum momento ele olhou para você e enxergou a mulher dos seus sonhos. Para ter um casamento feliz, precisamos, em primeiro lugar, ter em mente o final feliz. É com base nesta ideia que Shanon Jaynes ajuda você a se tornar a mulher dos sonhos de seu marido. A partir de pesquisas e entrevistas com vários homens, ela constatou que existem sete qualidades básicas que eles procuram na mulher ideal, entre elas o respeito pelo marido, encorajamento, amizade e satisfação sexual. Este não é um manual de como funciona o espécime masculino com o qual você decidiu compartilhar a vida, mas uma junção de informações que vai ajudá-la a descobrir o que se passa no fundo do coração do seu marido. Conheça seus desejos, anseios, dificuldades e necessidades, para que cada dia mais você seja a mulher com a qual ele sonhou e continua a sonhar.


Sumário

1. Um convite a ser a estrela principal

Parte 1 - Ela ora por ele
2. Qual o papel da oração
3. E Deus criou uma intercessora
4. A oração transforma vidas

Parte 2 - Ela o respeita
5. A única coisa sem a qual ele não consegue viver
6. Duas cabeças nem sempre são melhores que uma
7. Querer oque se tem ou ter oque se quer?
8. Uma imagem vale por mil palavras
9. Finais felizes

Parte 3 - Ela o adora
10. O grande desejo do coração dele
11. Amor servido em bandeja de prata
12. Servindo em meio a cultura do "eu primeiro"
13. Romantismo não é exclusividade das mulheres
14. Perdeu aquele sentimento de amor?

Parte 4 - Ela revela uma amizade íntima com ele
15. Mil interesses em comum
16. Criando situações de interesse comum
17. Comunicação eficiente

Parte 5 - Ela protege o casamento
18. Parentes afins ou problemas sem fim?
19. Então passamos a ser 3
20. Guarde o seu coração
21. Segurança matrimonial

Parte 6 - Ela o encoraja
22. O poder da palavra
23. Não queira ser mais que seu marido
24. Colhemos o que plantamos
25. Líder de torcida ou líder de críticas?

Parte 7 - Ela o satisfaz sexualmente
26. O primeiro capítulo do livro dele
27. Bateria recarregada
28. O direito e o medo da recusa
29 . Seja criativa

Epílogo. Como será o futuro?
Apêndice. Orando a Bíblia por seu marido da cabeça aos pés



Meninas, é isso! O Fato é que sempre há algo a melhorar, algo a aprender. E cabe a nós buscar esse aprendizado a cada dia! :)
Beijo 

Os nichos estão em alta

Oie! Boa sexta-feira gente! :)

Nichos Embutidos
Vamos falar um pouquinho mais dessa tendencia que de um tempo pra cá pegou de vez. Não há quem esteja construindo/reformando que não quer esse detalhe versátil e decorativo no seu home sweet home, Além de ser charmoso e útil os nichos também podem ser uma ótima solução para disfarçar um pilar, uma viga ou um cano.


Nichos iluminados e com tijolinhos a vista no fundo fazem toda a diferença no visual da sala


O nicho pode ser feito em paredes de alvenaria, mas é ainda mais fácil em paredes de gesso (drywall). Seu formato pode ser vertical, horizontal, quadrado, redondo. E funciona bem em todos os tipos de ambientes. Vejam algumas idéias!



Algumas ideias de nicho para banheiro 
  


Dando charme aos cantinhos sem uso 







Espelho no fundo, luxo!






Que tal um nicho DIY para dar um ar moderno no ambiente sem mexer com reformas, quebradeira, poeira?!Vejam essa dica de como dar uma cara nova para o banheiro sem gastar muito e em pouco tempo:

Nichos de madeira com o charme dos embutidosVejam o passo a passo e mãos à obra!



Primeiro é necessário planejar o que será feito. No caso deste banheiro, são 6 nichos e um espelho central. Neste caso, utiliza-se:
- 6 nichos de madeira com fundo (O fundo tinha revestimento branco, que foi riscado para facilitar a aderência da argamassa.)
- 3 placas de pastilhas de vidro (O tamanho dos nichos deve ser pensado de acordo com o espaço onde será colocado e com a modulação das pastilhas escolhidas).
- 1 Tesoura
- 1 Trena
- Panos de limpeza
- Esponja
- Argamassa para assentar e rejuntar as pastilhas
- Água para preparar a argamassa
- 1 bacia grande para preparar a argamassa
- Colher de pedreiro para misturar a argamassa
- Espátula para passar a argamassa no fundo do nicho e das pastilhas
- Desempenadeira dentada, para finalizar a argamassa no fundo do nicho antes de assentar as pastilhas
Após projetar, marcar a parede com fita crepe para facilitar a visualização e a execução.
Prepare a argamassa conforme as instruções da embalagem, com auxílio de uma espátula passe a argamassa no fundo das pastilhas. Repita o processo no fundo do nicho de madeira. Em seguida passe a desempenadeira sobre a argamassa.
Agora é a hora de colocar as pastilhas. Faça recortes nas pastilhas conforme o tamanho do nicho, lembre-se de aproveitar os recortes que sobrarem.
Após colocar as pastilhas aperte bem com as mãos. Você também pode usar um martelo de borracha, apesar de não ser muito fácil por causa do tamanho do nicho. Quanto mais “apertar” as pastilhas, mais a argamassa irá preencher os espaços vazios. A parte mais difícil é deixá-las niveladas.
Em seguida, com uma esponja, espalhe a argamassa para que ela cubra os espaços que ficaram sem preenchimento. (A argamassa deve preencher todos os espaços entre as pastilhas.)
Deixe a argamassa secar alguns minutos (5 a 10 minutos) e limpe o excesso.


Depois de limpos os nichos estão prontos. Deixe secando de um dia para o outro e fixe-os na parede. Nesse caso os nichos foram fixados com fita dupla face da 3M. Existem vários tipos de fitas, tanto para interiores quanto para exteriores. Cada embalagem especifica quanto peso a fita suporta.
Pese os nichos com uma balança. Cada um destes ficou com aproximadamente 2,5kg. O peso de um para outro pode variar. Essa pesagem é necessária para calcular quanto peso colocar dentro de cada nicho. Nesse caso, como foi utilizada fita suficiente para o peso total seja de até 3kg, podemos colocar coisinhas até 0,5kg sobre ele.



Até a próxima! ;)

Love is in the air

Hoje, dia dos namorados, algumas imagens pra se inspirar e homenagear o amor na decoração do lar! 


Amor como tema
É comum escolher um tema antes de decorar um ambiente, céu, mar, flores, borboletas, dos mais diversos temas aqui alguns onde o tema é o mais lindo dos sentimentos, o AMOR.







Letras formando a palavra AMOR

Palavras e frases pintadas à tinta ou montadas com adesivos nas paredes, bordados com textos em tecidos e outros objetos em forma de letras decoram a casa com criatividade e bom humor. Que palavra para dar mais romantismo ao lar que AMOR. Seja em português, inglês, francês... Amor é sempre amor!







Fotos do AMOR
Momentos guardados para sempre, as fotos  dão um toque pessoal à decoração e podem até fazer as vezes de obras de arte. Sejam fotos da história do casal, de viagens, lugares, lembranças ou até um painel com uma linda foto juntos. Não há como não entrar no clima romântico quando se olha fotos de momentos de amor.











Flores pela casa
Coloridas e cheias de bossa, as flores tem o poder de renovar qualquer ambiente. Além de 
conferir um toque alegre e romântico, claro.





Amor nos detalhes

Pendente Bertolucci - Jogo de Foundue Magazine Casa - Porta-velas Dayan Casa - Guardanapo Tok & Stok




Adesivo I Stick - Quadro Etna Aromatizador spray Blue Gardênia - Tecido Farm para JRJ



Porta-copos Rosamundo - Sachê TrousseauAlmofada Casa Fortaleza - Prato fundo Tok & Stok 



Sofá Estúdio Glória - Aparelho de jantar OxfordLanterna Rosamundo - Xícara e pires Maria do Rio




Mais alguns detalhes românticos que fazem toda a diferença




Detalhes que inspiram o amor na decoração aqui de casa


O romantismo está no ar... e no estilo e detalhes da decoração!
Feliz dia dos namorados!

O novo charme dos rodapés


Oii, 

Eu planeja fazer este post antes, mas pesquisar e escrever no blog ocupa mais tempo do que eu imaginava, sorry.
Como eu havia comentado no post anterior hj eu vim falar dos rodapés.

Até pouco tempo atrás os rodapés eram apenas para proteger o revestimento da parede e dar acabamento ao piso, nesses casos quanto mais parecido com o piso, melhor.
Mas de um tempo pra cá ele passou a ser um elemento de destaque na decoração, a tendência da vez é mesclar cores e texturas distintas, porém harmônicas, realçando sua presença como artifício decorativo do ambiente.



Rodapé comum, feito da mesma cerâmica usada no piso


Rodapé moderno, cor e material independes do piso


Altura
Os rodapés comuns eram feitos no mesmo material do piso, e tinham em como padrão 7 cm de altura, hoje, a tendencia é que os rodapés ganharem destaque em relação ao piso, a altura também mudou, medidas de 10 a 20 cm estão cada dia mais comuns. Nesse quesito, altura, Não existe uma regra certa, tudo vai depender dos batentes das portas, pé-direito do ambiente, etc. Os rodapés mais altos e brancos deixam o ambiente mais elegante. A moda, entretanto, não cabe em qualquer lugar. Os rodapés acima de 15 cm delimitam a parede e dão ares de moldura, por isso devem ser colocados em ambientes amplos e com o pé direito alto.  Para acertar na medida, analise as características do local. Se o pé direito for pequeno e o forro rebaixado, usar um rodapé alto dará a sensação de achatamento. 15 ou 20 cm por exemplo, em um apartamento pequeno, pode passar a sensação de o ambiente ser menor ainda.












Materiais

Atualmente, usar o mesmo revestimento do piso não é a alternativa mais interessante. É uma combinação básica, mas está muito fora de moda e tem pouco efeito decorativo. Caso vc faça muita questão, o ideal é usar modelos de 15 cm que valorizam o aspecto do piso. Atualmente existe no mercado vários modelos de rodapé e com o uso de vários materiais. Os mais comuns são de MDF, que pode ser entregue de várias formas,como o cru, pintado de acordo com a escolha do consumidor ou revestido com algum tipo de acabamento, existem também os de madeira, porcelanato, cerâmica, poliestireno expandido, gesso e até de cimento. Cada modelo desse possui uma característica única e devem ser utilizados de acordo com o piso de cada ambiente.Além da função estética, o rodapé também veda e protege a parede contra batidas de ferramentas de limpeza. Desse modo, sua escolha deve levar em consideração que pisos frios, por exemplo, são limpos com panos úmidos, usar um modelo de madeira nestes casos não é uma saída interessante, o contato com a água estufa e estraga o material a longo prazo. Nas áreas molhadas, a saída pode ser o gesso, o plástico e o cimento, que são mais duradouros e práticos. Em áreas de serviço e ambientes que não são de convívio social ainda é comum aproveitar as peças do piso para fazer o rodapé, principalmente pela redução de custos que isso significa. O que acontece hoje é que para áreas nobres, como o lavabo e sala de estar os rodapés passaram a ter também função decorativa.

Materiais - Prós e contras:

Poliestireno
Vamos começar falando do mais moderno tipo de rodapés, de poliestireno expandido (EPS). Esses é meu material favorito, ainda é pouco conhecido por seu uso ser recente, mas não precisa muito pra se convencer de que é a melhor solução.
Os EPS possuem um perfil rígido de acabamento produzido a partir da reciclagem do isopor e outros materiais como carcaças de computador. Além de rodapés, também são feitos desse material, sancas e molduras para portas, janelas, sacadas, fachadas e etc. Os mais comuns são os da marca Santa Luzia


Rodapé feito em poliestireno

Diferentes variações do rodapé em poliestireno

- Os rodapés de poliestireno são muito resistentes, bonitos e ecologicamente corretos. Podem ser aplicados em ambientes úmidos, não empenam, não mofam e são imunes ao cupim.
- São de fácil e rápida aplicação, não fazem sujeira e, além disso, são muito leves. 
Existem duas técnicas interessantes: a primeira usa bucha e cola de silicone e a segunda somente cola de silicone. Os Rodapés são vendidos em tiras de 2,40m e devem ser cortados com maquita (para dar melhor acabamento). Na falta da maquita da pra cortar com serrinha e usar uma lixa fina para retirar os excessos. As emendas podem ser feiras em sobreposição de cantos ou em cortes de 45º. 
- São mais duros e resistentes que madeira e podem ser pintados com qualquer tinta acrílica ou esmalte.
- Eles vem em primer branco, já pré-acabados para a pintura final.


- Não achei nenhuma desvantagem ainda!





MDF ou Madeira
Materiais atualmente mais usados nos rodapés modernos e de padronagem mais alta e material diferente do piso.


Rodapé feito em MDF

Rodapé feito em madeira

Rodapé feito em MDF, pintado e colocado sobre piso cerâmico

- Por ser o mais comum, conseguimos negociar melhor o preço e garantir uma decoração mais acessível.
- Facilidade para encontrar mão de obra para fazer a aplicação do rodapé.
- O MDF oferece mil facetas, podendo ser pintado, texturizado, entre outros. 
- A mesma pessoa que aplica o piso aplica o rodapé.

 - Desaconselhável instalação em áreas molhadas.
- Possível desgaste com o tempo, mesmo em áreas secas, afinal um paninho úmido uma hora ou outra você vai acabar passando e a madeira é extremamente sensível a umidade.
- Gasto extra com pintura.



Cerâmica

Rodapé em cerâmica, um dos mais usados nos últimos anos



- Pode-se utilizar os pisos que foram cortados, evitando assim um gasto extra.
- Ainda é o mais usado em áreas como lavanderia e áreas externas.

 - É o que dá mais trabalho na instalação e necessita de cuidados com recorte.
- Fora de moda.



Porcelanato
As possibilidades que um rodapé em porcelanato oferece vão muito além do antigo costume de adequar esse acabamento ao mesmo material do piso. Há modelos que reproduzem madeira. Junto aos pisos que se assemelham às pedras, como limestone, o resultado se torna surpreendente, o ambiente fica muito aconchegante e moderno.


Rodapé feito no mesmo porcelanato do piso

Rodapé feito em porcelanato pré-fabricado

Modelo de rodapé feito em porcelanato pronto para aplicação

- Fácil aplicação, alta resistência e também proporciona acabamento e efeito visual muito bons. Independente da cor do piso, mesmo se for uma cerâmica convencional, é possível criar um espaço sofisticado. Basta aderir ao rodapé em porcelanato branco. 
- Já fabricado nas padronagens modernas, altos e com frisos, prontos para aplicação.
- Não mofa, não empena, é fácil de limpar.

 - Limitação da padronagem, tamanho e cor.
Não é aconselhável aplicação sobre carpetes de madeira, pois para ser instalado é necessário uma massa cuja umidade pode danificar o piso.



Pedra
As preferidas do mercado e mais recomendadas são de Mármore e Granito.


Rodapé reto feito em pedra


Rodapé com acabamento abaulado em mármore

- Ficam maravilhosas nas cozinhas, banheiros e saunas. Aqui a sofisticação é a palavra de ordem. 
- Qualidade de acabamento e durabilidade.
- Flexibilidade de tamanho, desenho, forma e altura.

 - Não são tão acessíveis economicamente 
- Irregularidade de cor e padronagem pois cada marmoraria trabalha com um lote e uma pedreira diferente, e as diferenças de tonalidades e veios podem ser gritantes, mesmo que seja o mesmo tipo de pedra.




Cores
A cor do rodapé também merece atenção especial. Como o objetivo é finalizar o acabamento, usar tonalidades chamativas pode gerar mais destaque do que o esperado. Apesar disso, o rodapé não precisa ser exclusivamente branco. Tons nobres como o bege, por exemplo, fazem um bonito contraste com um piso escuro de madeira. Ainda assim, o meu favorito é o branco, acho clássico, clean e chique.
O
 conceito de cor para rodapés mudou muito e é mais comum que ele esteja alinhado com a cor da parede do que com o piso.


Atenção para combinar o rodapé com a guarnição das portas

Rodapé branco em piso e paredes escuros





Embutir a fiação
Antes de ser um elemento estético, o rodapé é uma peça fundamental para o acabamento da obra, pois a aplicação dele serve para encobrir desníveis que fazem com que o piso, por exemplo, fique alguns milímetros distante da parede, deixando um pequeno vão.
A utilização de gesso, polietileno e MDF possibilita que o rodapé seja usado também para esconder os cabos de telefonia e televisão das residências. Os rodapés desses novos materiais já saem de fábrica com o desenho interno para acomodar a passagem dos cabos. 
Essa função ainda não é popular e geralmente os rodapés que apresentam essa possibilidade não têm espaço suficiente para toda a fiação. A preferência ainda é pela fiação embutida, como nas casas antigas, ou escondida por painéis de madeira, a exemplo das residências construídas atualmente.




Fiação embutida no rodapé

Posso não usar rodapé?!
Pode, mas eu particularmente acho que não fica um acabamento legal, parece que falta alguma coisa.


Living sem rodapé

Dormitório sem rodapé





Perguntas e respostas
(Fiz essa seção para dar uma resumida nos detalhes que falta falar, se não o post ia ficar ainda maior e cansativo.)
rodapés de gesso e cimento? São recomendados?

O gesso é uma matéria-prima delicada: com uma batida de vassoura, pode quebrar. Por isso é mais indicado ao rodateto. Já o cimento é uma alternativa interessante para áreas externas, pois evita o contato da pintura com a eventual água sobre o piso, protegendo a fachada.
Como rodapés são vendidos?

Em barras, mas o preço geralmente é por metro, ou por peça, no caso dos exemplares de porcelanato. Prefira um modelo pronto e, se possível, leve uma amostra para avaliar como fica no local.
Como combinar piso e o rodapé?

Se quiser que ambos tenham tons amadeirados, siga o padrão do piso, e não o dos móveis. Só não se aconselha fazer assoalho de madeira e rodapé de porcelanato, pois sua instalação necessita de uma massa cuja umidade pode danificar o chão. Já o inverso é autorizado, mas com uma ressalva: Se você escolheu um determinado revestimento porque permite ser lavado com água abundante, deixe de lado os rodapés de madeira e de MDF, mais adequados a áreas secas.
Posso aplicar rodapé em cozinhas e banheiros?

Somente se as paredes não levarem cerâmica ou azulejo. Se o banheiro tiver pintura lavável, uma solução é empregar as pastilhas da área do boxe para fazer o rodapé.
Como definir o desenho do rodapé?

É questão de gosto. Os retos correspondem a um estilo moderno, enquanto os trabalhados remetem ao clássico. A decoração contemporânea sugere modelos mais altos. Saiba que as bordas retas acumulam mais pó do que as arredondadas.
Existe alguma regra para não errar na escolha?

Se estiver na dúvida, há um curinga: Os brancos combinam com tudo! E conferem um efeito mais sofisticado ao ambiente. No entanto, se a parede tiver uma cor muito forte e o rodapé for alto (maior que 20 cm), o contraste pode resultar em achatamento visual do pé-direito.
Como é a instalação? Eu mesmo posso fazer?

As peças de MDF precisam de cola branca e pregos sem cabeça, enquanto as de madeira são fixadas com bucha, parafuso e cavilha. Já as de poliestireno expandido só pedem cola ou encaixe, e as de porcelanato, levam massa que deve ser aplicada por um assentador. Aliás, é sempre melhor contar com mão de obra profissional, pois acabamento é algo importante. Além disso, às vezes o preço já inclui a instalação.
Como é a manutenção?

Em geral, um pano úmido resolve. Se o rodapé for de madeira e ficar perto da janela, exposto ao sol, será preciso repor o verniz com frequência. Cuidado para não molhar esse material e o MDF, que absorvem água e incham. Caso alguma parte esteja podre ou tenha sido atacada por cupins, troque a peça. Se não encontrar o mesmo modelo, renove o acabamento por completo. Fora esses problemas, a durabilidade é garantida por vários anos.
O branco suja muito?

Para os produtos de poliestireno e os de MDF revestidos, o pano úmido já é suficiente. Se o rodapé de madeira for pintado com tinta lavável, use uma escovinha molhada. Mas é preferível mandar laqueá-lo, para que fique mais protegido e resistente. Por fim, as peças de porcelanato possuem superfície impermeável, o que facilita a limpeza.
E quais são as tendências?

As peças altas, de até 40 cm, são bastante procuradas hoje em dia. Elas ressaltam a cor da parede e a tonalidade do piso. Usando esses modelos, o ambiente parece ficar alongado, com mais profundidade. Há, inclusive, rodapés empilháveis, que podem ser instalados um acima do outro. Os frisos são outra preferência atual.
O que é o rodapé recuado?

É um rodapé negativo: um perfil metálico em L, embutido na massa da parede, que cria um pequeno vão na parte inferior da superfície. A peça é barata, mas a mão de obra é cara.
Como combino o rodapé com o rodameio e o rodateto?

Não existem regras definitivas. De maneira geral, o rodateto confere um ar mais sóbrio ao espaço. Por isso, se for enfeitar o teto, não use modelos muito altos no chão (no máximo de 15 cm), pois o ambiente pode ficar carregado. Se ainda quiser incluir o rodameio, escolha um do mesmo material do rodateto e aplique um rodapé bem estreito, de preferência do mesmo material do piso.
Como fica o encontro do rodapé com a guarnição da porta?

Atente para a junta entre as duas peças. A guarnição deve ser um pouquinho mais grossa que o rodapé. Se precisar, use um sóculo para fazer o acabamento entre eles.
Posso pintar o rodapé?

Rodapés de poliestireno, MDF, madeira e cimento aceitam pintura, mas exigem tintas diferentes. Para os de poliestireno, não use tinta à base de água prefira as sintéticas, acrílicas ou à base de poliuretano. Já para madeiras, recomenda-se tinta látex semibrilho, que facilita a limpeza.
Em quanto tempo preciso trocar o rodapé?

Se a limpeza for adequada e a peça não apresentar problemas com umidade, o rodapé não tem prazo de validade. Lembre-se apenas de fazer uma manutenção mais minuciosa a cada cinco anos nos modelos de MDF e de madeira, renovando a pintura.
Se meu piso for vinílico, coloco rodapé?

Diferentemente do piso de madeira, que precisa de uma junta de dilatação (uma fenda para o material dilatar e contrair), o vinílico é cortado rente à parede e não precisa desse vão. Mas, se a parede tiver ondulações, o rodapé torna-se uma necessidade estética. Nesses casos, indicamos um de poliestireno branco, que é impermeável.




Acho que é só! :)
Como um detalhe pode ter tantas variações né?!
Qnto mais fuço em acabamento design e decoração mais me apaixono! 
Até a próxima! BjO